Cachoeira De Luz


06/12/2017

“Eu queria olhar para o rosto de Deus, mas acho que sentir Sua Presença é ainda melhor!” 🙌🏼✨💖🙏🏼✨ (James Redfield – A Décima Segunda Profecia)

#PresençaDeDeus

“Há 1 ano”…

Essas lembranças do facebook são demais, né?
Eu que sou toda nostálgica, fico vendo os posts antigos e sorrindo. 🤗 Percebo que as histórias sempre se repetirão até aprendermos as lições, só vão mudando os personagens.

Fiz o curso de Reiki até o nível 3 em 2016, mas me sentia insegura pra aplicar nas pessoas, achava que tinha que estudar muito pra tal feito, que não era um ser iluminado para lidar com a energia dos outros, ou então que me faltava mérito. Rs… Quando minha mãe não conseguiu levantar da cadeira por causa de uma forte dor nas costas e eu, no desespero, resolvi tentar enviar energia pra ela, vi que “funcionou”, passei a confiar no meu “poder”! Hehehe…

Fui aprendendo com o tempo que o que vale na verdade é a energia, o amor que você coloca nas coisas que vai fazer efeito na técnica que você aprendeu e não se você segue um ritual, um padrão para aplicar o Reiki – ou outra terapia (exemplo: tem que ter um espaço apropriado, uma maca, estar descalço, com roupas claras, começar a aplicação pela cabeça, lavar as mãos depois de aplicar a técnica, etc…)

Depois de me tornar Mestre comecei a enviar Reiki a Distância todos os dias para quem pedisse, eu queria “salvar a humanidade” porque estava encantada com a essa terapia alternativa, mas depois de um tempo parei porque acabei adoecendo.

Eu não sabia lidar corretamente com as energias. Na verdade, quem tem o desejo de receber, deve pedir Reiki ou pelo menos aceitar que você enviará energia. Não dá pra você sentir que a pessoa precisa de Reiki e enviar com amor se ela não quer receber.

Eu não me autoaplicava Reiki todos os dias, achava que a energia que eu canalizava e enviava era o que a fazia circular e o suficiente para eu me restabelecer, mas vi que a autoaplicação de Reiki ou meditação é igual comer, tomar banho, escovar os dentes, tem que ser feita diariamente. Então percebi que eu acabava doando a minha própria energia ao invés de canalizar a Energia Universal, que é infinita e disponível para todos.

Percebi também que muitas vezes a pessoa não quer ser curada, pra ela é conveniente ficar sendo bajulada ou permanecer na energia do mimimi, assim chama a atenção dos mais próximos (Síndrome do “Coitadinho de Mim”). Quando me toquei disso, começou a fazer sentido porque o Reikiano é apenas um canalizador da Energia Universal, mas se ele enviar energia e a pessoa não aceitar, pode ser prejudicado com isso, todavia, podemos aprofundar esse assunto num próximo texto.

Depois disso surgiu também a ideia de disponibilizar cursos de Reiki gratuitos (pelo menos o nível 1) para as pessoas não absorverem energias intrusas, aprenderem a se proteger energeticamente e também aplicarem nos outros quando algo como o que vou contar na lembrança do facebook acontecer…

Post original (06/12/2017): Postei ontem no Instagram antes de dormir porque fiquei encantada com essas imagens e gostaria que todo mundo sentisse um pouquinho do que senti, mas não consegui filosofar por causa do sono… 😁
Hoje, com um pouco de tempo, edito o post pra ficar registrada minha reflexão:

Como sempre costumo dizer, “Essa vida é muito corrida, literalmente falando” 😂 e nem sempre conseguimos nos expressar com palavras… Muitas vezes uma imagem fala por si só, contudo, ontem foi um dia muito especial pra mim e eu precisei escrever à mão (dica da terapeuta Maira Espricigo) e também digitar pra organizar minha cachola e me dar o direito de sentir as emoções! 🤗

Apliquei Reiki na Dona Neide que caiu na calçada de manhã (foi incrível, eu estava trabalhando de moto e quando a vi caindo não hesitei em ajudar), à tarde no joelho da Fran quando estava treinando na academia do clube e à noite na minha mãe.

O Universo está sempre emitindo sinais e acredito que estamos aqui para servir, ajudar a quem precisa, seja com uma foto fazendo atividade física pra motivar alguém a sair do sofá, uma palavra de carinho, um abraço ou então um Reiki! 🤗

Quando saí da academia do clube tive essa visão MARAVILHOSA do céu que se encaixou perfeitamente no meu dia!

Um céu todo negro com nuvens carregadas (muitas vezes nos sentimos assim, né?), mas, numa brecha, o Sol radiante! ✨

Fiquei admirando e do fundo do meu coração fazendo um agradecimento ao Universo por me permitir ser Luz! 🙌🏼✨

Nomeei as fotos como: “Cachoeira de Luz”, “Chuva de Reiki” ou também “Sempre há uma Luz”!

Nas primeiras fotos parecia uma cachoeira, depois o rosto de uma ninfa, depois um gato. Incrivelmente belo!

O que você vê? 😍

Daí, como eu gosto de comparar as histórias para ver o que aprendi e o quanto evoluí quando vejo as lembranças (Gabs sendo Gabs), tirei algumas lições (não vou entrar em detalhes para não expor pessoas que me “atingiram”, na verdade elas me ajudaram MUITO:

1 – O UNIVERSO ESTÁ SEMPRE EMITINDO SINAIS – Devemos estar atentos , olhar mais para o Céu, contemplar a beleza da Natureza para perceber que…
2 – A VIDA É FEITA DE CICLOS – Poucos dias antes fui na aula de Pilates, num dos exercícios com a bola eu travei minhas costas, fiquei sem reação, o professor foi direto ver o que tinha acontecido, mas não era nada físico, era energético. Eu saquei na hora! Captei um pensamento negativo e absorvi pra mim (não sabia que a “culpa” era minha), eu dei permissão para que isso se instalasse, mas foi um sinal de que…
3 – OS CICLOS SE ENCERRAM – a cachoeira de luz estava indicando a direção que eu deveria seguir para continuar minha caminhada evolutiva. Semanas depois fiz uma parceria sensacional com uma academia da cidade que me proporcionou um grande aprendizado com as pessoas que me relacionei nesse ano e as outras que conheci na caminhada… Percebi que, encerrando o ciclo, devemos…
4 – ESTAR ABERTOS PARA O NOVO ENTRAR – que ao finalizar um ano, um projeto, um trabalho, um ciclo, que tenhamos a sensibilidade de aceitar o que não podemos mudar, agradecer por toda a trajetória percorrida e seguir no caminho da LUZ, que é sempre a direção certa!

Enfim! 1 ano se passou! Como eu só usava a academia do clube e estava treinando em outro lugar, decidi vender o título! 

06/12/2018 – Exatamente 1 ano depois das fotos da cachoeira de luz!
Finalizei a venda justamente num dia emblemático… Coincidência?

Consegui vender o título do “Parmerinha” bem no dia do aniversário de morte do meu pai, olha só que coisa! Está tudo conectado mesmo! Preste atenção nos sinais!  🤗

Que estejamos sempre abertos e dispostos a encerrar mais ciclos nessa vida e a  começar outras histórias em lugares diferentes, com pessoas diferentes, até aprendermos a lição! 

#JamesRedfield #Gratidão #GoodVibes #Faith #Grateful #Gratitude #Intuition #ReikiADistância #Reiki #CachoeiraDeLuz #ChuvaDeReiki #EnergiaUniversal #SempreHáUmaLuz #EspalheAmor

Corregabs

Sobre Corregabs

36 anos, corredora amadora desde 2010, Maratonista desde 27/07/14 e amante da vida saudável! Não espere muita coisa além de: corrida, roupas e acessórios para prática de esportes, agenda de corrida, academia, motivação para corrida, alimentação saudável e corrida! 😆

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.