Ciça Donner

RP na Meia Maratona - Londres
RP (Record Pessoal) na Meia Maratona – Londres


Ao contrário de muitos, não comecei a correr para emagrecer. Todo meu processo de emagrecimento foi feito através de reeducação alimentar e caminhadas. Correr nunca passou pela minha cabeça. Mas um dia, motivada por uma amiga da época comecei a intercalar a caminhada com corridinhas. Era algo mais ou menos assim: 5 séries de 10 minutos de caminhada, 3 de corrida. Na segunda série de corrida eu já fazia chorando e a terceira nem fazia. Essa mesma amiga me inscreveu nos  5 km da  Frauenlauf – corrida de mulheres – de Frankfurt. Perdemos a largada  do 5 km fomos fazer os 8 km. Corri, caminhei, rastejei, espraguejei, chorei, gritei e CHEGUEI!! Naquela hora escutei uma voz na minha cabeça dizendo “Tá vendo como  você consegue, besta? Agora volta aqui ano que vem e faz direito”. E assim nascia a  corredora!!!

Primeira corrida – 8 km Frauenlauf – Corrida de Mulheres, Frankfurt.

Era  julho de 2012. Passei o resto do verão treinando em uma pedreira com  4 km de circunferência aqui perto de casa. Só tinha o Nike+ para medir a distância. Nunca prestei atenção em tempo, muito  menos pace! Tentava treinar com regularidade: segunda, quarta e sexta ou a cada dois dias, ainda intercalando caminhada com corrida. O calor era de matar. E sempre me perguntava: “Mas que droga estou fazendo aqui? Pra que essa palhaçada?”. O inverno chegou e com ele descobri  que conseguia correr os  4 km da pedreira sem ter de engolir o coração que estava na boca. Achei a resposta à pergunta!!!

A Pedreira...
A Pedreira…



Eu fui daquelas que dizia: “Ah não, quando conseguir correr  5 km sem colocar o coração pela boca estou feliz”. Os 5 viraram 6, que viraram 8 e rapidinho 10. Comecei a fazer várias provinhas – olha petulância da pequena – de 5, 6, 10 km, inclusive a Frauenlauf de Frankfurt. Meu marido olhava tudo aquilo com uma cara de “Isso vai acabar em 21”. Sabe tudo o menino! Em outubro de 2013, depois de me perder na floresta e correr 15 km, me inscrevi para minha primeira meia-maratona, Luxembourg. Eu sou feita de emoção e drama – um pouco de amor também, se  você souber procurar. Não adianta dizer para eu não ficar nervosa.  Quantas vezes me peguei em lágrimas imaginando a chegada desse dia. Fiquei com medo de contar para os outros e na hora não dar conta, atrair olho gordo, inveja, psica etc.

corridinha 

Coincidência ou não, algumas semanas depois  comecei a sentir dores no tornozelo. Foi quando descobri  que atleta amador e nada nessa terra tem o mesmo valor. Fui a dois médicos diferentes para ouvir um “use palmilha e pare de correr por um tempo, afinal a Senhora já está muito velha para começar um  esporte como corrida. Tente natação ou ciclismo”. Sentei no carro debaixo de uma chuva torrencial e chorei…  chorei , chorei alto e copiosamente. Quando me acalmei, olhei o estrago da maquiagem borrada no espelho e falei: “Velha é o caralho! Tu vais ver só, seu viado!” – ih  Gabs, pode falar palavrão aqui?

Consegui umas sessões de fisioterapia – que consistiam unicamente em massagem e aplicação de gelo – na clínica onde trabalho como fotógrafa de recém-nascidos. Fiz tudo o que pude: problema é o pé chato? Passei a usar palmilha até em casa. A postura de corrida  tá errada? Contratei um  personal para correr do meu lado e corrigir. Precisa fortalecer/alongar os músculos? Academia virou minha segunda casa. Mas nada adiantou: o tempo passou e perdi o treinamento para  Luxembourg. Quer dizer, acabei fazendo Luxemburgo, mas sabia que não era a “minha” corrida. Mesmo assim, estava uma PILHA. Encostassem em  mim eu chorava, gritava e me encolhia em posição fetal. Só tinha 4 semanas  que estava correndo sem dor e já inscrita para a Meia do Rio de Janeiro. Se a dor voltasse seria meu fim!!! Mas graças a Deus ela não voltou e eu terminei a prova em 2:24. Feliz como  eu só!

Primeira Meia Maratona - Luxembourg
Primeira Meia Maratona – Luxembourg

 

Dormindo com a medalha na mão!
Dormindo com a medalha na mão!


Desse dia em diante, foi só alegria! Fiz o Rio em 2:01. Consegui meu  sub 2 – 1:58 – na minha cidade Saarbrücken e acabei de voltar de Londres com um lindo 1:56 na bagagem. Sem falar nas “corridinhas”. Dor no tornozelo? Nunca mais senti! Tive uma canelitezinha uns meses atrás, mas nada que gelo, uma semana de repouso e Cataflan não resolvesse! Nunca, nunca, NUNCAAAA acreditei que fosse capaz de uma coisas dessas. Eu? A Rainha da preguiça? Aquela que não vai, manda buscar? Vocês não tem noção da felicidade  que sinto quando me deparo com minha “parede do mérito”. Tudo que está ali, foi conquistado com muito esforço, sangue, suor e uma dose cavalar de felicidade. E eu falo para quem quiser ouvir: se eu consegui, qualquer um consegue. Basta querer!!!

Meia Maratona - Saarbruecken
Meia Maratona – Saarbruecken

 
Ah,sim! Um dia volto lá no médico para dizer: “Velha é a…”, pois é!!!

Paris-Versaille
Paris-Versaille

 
Ciça – 41 anos, corpinho de 25, cabeça de 15 – casada,  mãe de dois meninos vivendo na fronteira de França e Alemanha!
 
 

Sobre CorreGabs

E aí, tudo ótimo com você? Maravilha, né? Se você chegou até aqui é porque está buscando junto comigo dar um SALTO QUÂNTICO na Evolução Espiritual! Porque gente boa se atrai! Entendeu? Eu sou a CorreGabs, seja muito bem-vindx, ao meu blog! 40 anos, corredora amadora desde 2010, Maratonista desde 27/07/14 e amante da vida saudável! Não espere muita coisa além de: corrida, roupas e acessórios para prática de esportes, agenda de corrida, academia, motivação para corrida, alimentação saudável e corrida! 😆 Na verdade vamos falar de tudo que envolve a expansão da consciência! Porque tá tudo conectado! Sigamos no caminho da luz! Namastê!

15 pensou em “Ciça Donner

  1. Oh my God!!!!

    Ciça, não tinha ideia do que havia no seu passado. Você é uma guerreira de primeiríssima e sua história é impressionante!!!

    Idade não define velhice; o que define é a vontade de viver intensa e apaixonadamente e você é muito jovem e cheia de vida!!!

    Parabéns por esse depoimento incrível e sou mais ainda fã de você agora!!!

    Gabiii parabéns pela iniciativa: essas histórias são sensacionais e motivam mais ainda meus treinos e busca por evolução.

    Aaaah, quero juntar vocês duas.. Gabi, partiu Europa?! Kkkkk

    Beijos!!!!

    1. O q eu passei só me fez ter uma certeza: eu sou tao cabeca dura quando dizem!! A idade pode até me definir, mas essa definicao eu mesma prefiro lapidar. Um grande beijo, e muito, muito obrigada pl teu carinho Chris. Vc nao tem ideia de quanto tuas palavras aquecem meu coracao!!!

  2. Parabéns !!! guerreira , é isso msm velha é o .. dele !!! e que venham muitas outras corridas e com elas mais conquistas e mais amigos e mais felicidade !!! Beijo no seu coração !!!

  3. Essa mulher tem um brilho no olhar incrível!!! Uma garra na mesma proporção!!! Tive a alegria de dar lhe um abraço após a sua grande conquista! Apaixonei!!!! Parabéns Mana por vc ter persistido! Vc êh Phoda!!!!

    1. Mana PARAAAAA… ai que linda vc!!! Bora disputar quem ama mais quem? Muito obrigada maninha! Vc é um amor que eu vou guardar pra sempre junto com seu cachecol!!! BORA PRA PARIS!!!!

  4. ahhh… mas é uma gazea linda mesmo, adoreeeeeei Cissa!!! quero te ver na Meia do Rio do ano que vem, viu? pode preparar o passaporteeeeee : )

    1. Pera… @tenisesainha certo? hahahah primeira # da minha vida amada!!! Oh mana, muito obrigada viu? Quero muito fazer o Rio ano q vem. Esta tudo pendendo ainda. Mas com certeza, dessa vez ninguem me escapa… nem que eu tenha q deixar filho sozinho trancado no quarto do hotel hahahahahaah

  5. ÉEEEEEEGUAAAAAA!!!
    Cada vez que te vejo correndo PENSO em começar, ao menos a caminhar. Mas caminho um dia, dois e… paro. Será que um dia tenho uma história dessas pra contar?
    Mana, vc é minha inspiração, desde a fotografia. E eu tô nessa de #partiueuropa2015, com grandes possibilidades de Alemanha, e com certeza de Paris. Tu vais lá me ver???
    Beijo imensooo!!!

  6. Cica, maninha! Demorei mas vim aqui dizer que você é muito especial mesmo, ainda mais agora depois de saber da sua história! Não deixe jamais alguém dizer que você não é capaz de algo! Você pode muito mais do que imagina! Parabéns! Beijos da @carol_corredora

  7. Ciça amei sua história e quanto ao médico é melhor agradecer ele…pois se não fosse ele falar aquela besteira a conquista não teria a mesma graça.kkk Vai lá emenda ele começar a correr de ti isso sim!!

  8. Ciça, lembra de mim? Puxa, tua vida deu uma reviravolta maravilhosa! Parabéns! Sabia que você nasceu para brilhar. Sinto muitas saudades tuas. Como vai o Manrique?
    Saudades demais.

    Estou no face!

    Beijos

  9. Ciça, égua mulher! Tu estais belíssima! Que corpaço! Deixa te falar: Belém como sempre quentíssima e chuvosa e bem deserta agora! Familia super bem! Uma neta linda chamada Maria Fernanda, e eu gordinha, so correndo da cama da geladeira ! Ka ka ka ka. Bjs sua familia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.