Correndo Charles

Charles3

Falar de si é algo bem difícil… mas vou tentar contar um pouco da minha história com a corrida.

Sempre fui uma criança/adolescente ativo e bem magro… hehehe… mas o início da vida adulta alterou toda a rotina, faculdade, serviço, namoro e dias bem curtos para alguma atividade física. Simplesmente saltei de 60 kg para 87 kg, e durante os anos que passaram não fui dando bola para o peso, até que em 2009 olhei para uma foto e vi que estava demais para o que um dia eu fui.

 

Foi então que em 2010 eu comecei um acompanhamento com uma endocrinologista, para tentar melhorar minha alimentação. Fiquei mais regrado e consegui baixar para 80 kg no decorrer do ano, mas só isso não foi suficiente pois aos poucos acabei ganham peso novamente e fui para 82 kg, mas a Dra sempre falava que era necessário o exercício físico.
No início de 2011 durante minhas férias decidi que iria começar, e fui fazendo caminhadas perto de casa, e assim foi durante 6 meses, gradualmente fui aumentando o tempo, 10 min, 20 min, 30 min, 40 min até começar a alternar com trotes.
Por um acaso descobri que iria acontecer em POA a corrida da Longevidade do Bradesco, me inscrevi e mantive os treinos para fazer aquela corrida de 6 km, nunca nos treinos tinha feito essa distância e nem correndo o tempo inteiro, mas para minha felicidade no dia da prova consegui correr o percurso inteiro no meu ritmo sem preocupação. 
Charles5
Depois disso o vício das corridas entrou na minha rotina, e fui arrumar tempo para treinar …
Já em 2012 fiz as minhas primeiras provas de 10 km, no segundo semestre resolvi fazer a doideira dos 21 km em uma prova casca demais aqui no sul, a Wine Run, sem um treino adequado fui pra prova, pois ganhei a inscrição… até me surpreendi pois aguentei até o km 15 correndo, depois disso foi uma sofrência sem tamanho no sobe e desce da prova, onde consegui terminar em 2h30min mais ou menos.
2013 foi o ano das meia-maratonas, fiz duas com dois objetivos, no primeiro semestre me propus a fazer abaixo de 2 horas e consegui fazer com sucesso, e no segundo semestre o objetivo era abaixo de 1h50min, onde também consegui fazer com sucesso. Foi depois dessa prova que o diabinho ficou no meu ouvido: “Você consegue fazer a maratona, hein!!!”
Depois de pensar bem, em Jan de 2014 comecei o treinamento para Maratona de POA.
2014 foi o ano, treinei desde Janeiro pra maratona, tudo deu certo, consegui fazer quase todos os treinos, no horário que dava e no tempo que dava, pois temos outros compromissos e não vivemos do esporte… até que chegou o grande dia 18/05 me tornei maratonista, completei a prova em 3h49min, foi um prova sensacional, não parei na parede dos 30 km, mas sim nos 33 km onde comecei a alternar a corrida com caminhada, mas em nenhum momento pensando em desistir, pois a minha família me esperava na chegada, no ultimo km eu corri ele inteiro, já os 195 metros finais, esses aí que fazem toda diferença… onde vi minha esposa, mãe e irmã correndo junto comigo até a linha de chegada.
Imagem inline 1
Depois da maratona eu fui atrás de outro desafio, sempre vendo o pessoal da academia onde comecei a nadar no começo do ano para complementar a corrida falando de triathlon, comecei a me interessar sobre o assunto e ler mais sobre o triathlon, então em agosto eu resolvi que iria participar de uma prova em nov, então ajustei meus treinos para completar os 750m da natação, e adicionei a bike a rotina… Como já sabia a natação foi bem difícil, pois nadar na prova é muito diferente do que você faz na piscina, mas consegui completar e ir para a bike, depois foi só alegria! Hehehe
Charles4
 
2015 foi um ano atípico… entrei num novo ciclo para maratona de Poa novamente, mas não fiz os treinos que deveria e acabei desistindo da prova 20 dias antes. Com o lastro que obtive com o treino da Maratona, resolvi encarar a meia-maratona de Poa em Julho e consegui meu RP na prova, depois de quase dois anos sem fazer uma prova de meia-maratona, infelizmente depois dessa prova, algumas semanas depois eu tive uma lesão no joelho que me deixou parado pela primeira vez. Fiquei de agosto a dezembro sem praticar, corrida, pedal ou musculação, fiquei apenas nadando, mas com pullbuoy (sem bater perna). Até que em dezembro consegui resolver o problema com o ortopedista e fui liberado para fazer reforço muscular.
Já agora em 2016 comecei o ano trocando a musculação pelo funcional, e já em fev comecei a correr novamente, mas o retorno foi bem difícil e continua sendo, pois retornar a forma que estava está sendo bem difícil. Nesse ano foquei mais em provas de triathlon então não fiz muitas corridas de rua, fiz uma prova de TRI em abril e uma de corrida em maio, já as próximas são só em out e nov, ambas de TRI.
Charles6
Bueno, essa é minha história esportiva, que consiga manter ela por muitos anos e de forma saudável como deve ser. 
Sempre escutem seu corpo, ele sempre dá avisos, e tenham sempre profissionais capacitados para te apoiar nessa jornada.
Grande abraço a todos.
Corregabs

Sobre Corregabs

34 anos, corredora amadora desde 2010, Maratonista desde 27/07/14 e amante da vida saudável! Não espere muita coisa além de: corrida, roupas e acessórios para prática de esportes, agenda de corrida, academia, motivação para corrida, alimentação saudável e corrida! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *